Impacto na Qualidade de Vida de Pacientes com Câncer em meio à Pandemia de Covid-19: uma Reflexão a partir da Teoria das Necessidades Humanas Básicas de Abraham Maslow

  • Karine Marques Corrêa Acadêmica do curso de Medicina. Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Macaé (RJ), Brasil.
  • Júlia Damasceno Borges de Oliveira Acadêmica do curso de Medicina. Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Macaé (RJ), Brasil.
  • Gunnar Glauco de Cunto Carelli Taets Enfermeiro. PhD em Ciências da Saúde. Professor-Adjunto da UFRJ. Macaé (RJ), Brasil.
Palavras-chave: Perfil de Impacto da Doença, Neoplasias, Qualidade de Vida, Infecções por Coronavirus

Resumo

A atual pandemia da Covid-19 está causando prejuízos em todo o mundo. O grupo de risco para evolução com quadro clínico grave e morte por infecção pelo novo coronavírus é de pessoas com idade acima de 60 anos, portadores de doenças crônicas e imunodeprimidos, logo, pacientes com câncer são de alto risco nessa pandemia. Quando se trata de qualidade de vida durante a pandemia, as dimensões biológica, psicológica, social e espiritual podem ser afetadas, sobretudo em pacientes com câncer, que já lidam com as alterações físicas e mentais decorrentes do tratamento e enfrentamento da doença. Nesse sentido, o presente estudo faz uma reflexão acerca dos possíveis impactos na qualidade de vida de pacientes oncológicos durante a pandemia em paralelo com a teoria das necessidades humanas básicas de Abraham Maslow, bem como destaca as recomendações e as estratégias já traçadas por pesquisadores da saúde, a fim de minimizar tais prejuízos.  

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-06-23
Como Citar
1.
Corrêa KM, Oliveira JDB de, Taets GG de CC. Impacto na Qualidade de Vida de Pacientes com Câncer em meio à Pandemia de Covid-19: uma Reflexão a partir da Teoria das Necessidades Humanas Básicas de Abraham Maslow. Rev. Bras. Cancerol. [Internet]. 23º de junho de 2020 [citado 5º de agosto de 2021];66(TemaAtual):e-1068. Disponível em: https://rbc.inca.gov.br/revista/index.php/revista/article/view/1068