Desafios à Intervenção Interdisciplinar no Olhar da Equipe Multiprofissional em um Hospital de Referência em Tratamento de Câncer no Brasil

  • Karin Rejane Pichelli Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Rio de Janeiro (RJ), Brasil.
  • Marcia Valeria de Carvalho Monteiro Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Rio de Janeiro (RJ), Brasil.
  • Senir Santos da Hora Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Rio de Janeiro (RJ), Brasil.
Palavras-chave: Equipe de Assistência ao Paciente, Integralidade em Saúde, Práticas Interdisciplinares

Resumo

Introdução: A interdisciplinaridade é vista como uma alternativa que, somada ao desenvolvimento tecnológico, possa contribuir para a melhoria do cuidado em saúde, mas cuja construção é cercada de desafios. O Grupo de Estudos e Tratamento do Câncer Gástrico e Esofágico de um hospital referência em tratamento de câncer, composto por equipe multiprofissional, foi criado no sentido de promover interação entre a equipe e a melhoria no atendimento ao paciente, mas ainda precisa avançar no sentido da interdisciplinaridade. Objetivo: Conhecer e analisar os desafios à intervenção interdisciplinar no olhar dos profissionais que integram a equipe. Método: Pesquisa qualitativa, cuja coleta de dados se deu por entrevista com profissionais das categorias inseridas no grupo e análise com base na hermenêutica-dialética. Resultados: O entendimento acerca do propósito do grupo e das temáticas integralidade e interdisciplinaridade, incluindo-se a percepção sobre a rede de cuidados ao paciente. Foram apresentados desafios objetivos e subjetivos, vinculados, respectivamente, à gestão e à relação entre a equipe e entre os profissionais e os pacientes, para os quais é fundamental destinar o cuidado. Foram ainda apresentados avanços e resultados positivos e a necessidade de se direcionar o olhar também à equipe e ao seu cuidado. Conclusão: Verifica-se a importância de levar os profissionais à reflexão acerca de sua intervenção, individual e coletiva, tendo em vista as possibilidades que estão ao alcance da equipe e de outras que poderiam ser alvo de pleitos e lutas para a efetiva implementação do Sistema Único de Saúde, como também valorizar as potencialidades e os ganhos já conquistados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Senir Santos da Hora, Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Rio de Janeiro (RJ), Brasil.

Mestre em Serviço Social

Publicado
2020-01-28
Como Citar
1.
Pichelli KR, de Carvalho Monteiro MV, Santos da Hora S. Desafios à Intervenção Interdisciplinar no Olhar da Equipe Multiprofissional em um Hospital de Referência em Tratamento de Câncer no Brasil. Rev. Bras. Cancerol. [Internet]. 28º de janeiro de 2020 [citado 7º de dezembro de 2021];65(4):e-11231. Disponível em: https://rbc.inca.gov.br/revista/index.php/revista/article/view/231
Seção
ARTIGO ORIGINAL