Aconselhamento Nutricional em Pacientes com Câncer de Cabeça, Pescoço e Esôfago em Tratamento (Quimio)Radioterápico

  • Sheila Crstina Pootz Universidade de Caxias do Sul. Hospital Geral de Caixas do Sul. Caxias do Sul (RS), Brasil.
  • Dóris Gonçalves Boff Unidade de Alta Complexidade em Oncologia. Setor de Radioterapia do Hospital Geral. Caxias do Sul (RS), Brasil.
  • Raquel Canuto Departamento de Nutrição. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre (RS), Brasil.
  • Janaína Brollo Hospital Geral de Caxias do Sul. Caxias do Sul (RS), Brasil.
  • Ana Carolina Pio da Silva Universidade de Caxias do Sul. Caxias do Sul (RS), Brasil.
Palavras-chave: Neoplasias de Cabeça e Pescoço/radioterapia, Neoplasias Esofágicas/radioterapia, Estado Nutricional

Resumo

Introdução: A presença de um nutricionista no setor de radioterapia objetiva a recuperação e a manutenção do estado nutricional dos pacientes. Objetivo: Comparar os resultados do aconselhamento nutricional diário com o aconselhamento nutricional semanal em pacientes com câncer de cabeça, pescoço e esôfago em tratamento radioterápico. Método: Foram selecionados 29 pacientes para o estudo e separados aleatoriamente em dois grupos. O grupo intervenção recebeu aconselhamento nutricional diariamente. O grupo padrão recebeu aconselhamento nutricional semanalmente. De ambos os grupos, foram aferidos peso corporal, circunferência braquial ou de panturrilha, avaliação subjetiva global produzida pelo próprio paciente (ASG-PPP) e calculo do recorda tório alimentar diário. Resultados: A maioria dos participantes era do sexo masculino (80%), com media de idade de 62,7 ± 26 anos. A terapia nutricional oral foi necessária para 48% dos indivíduos e, ao final do tratamento, 60% estavam em uso de nutrição enteral. A perda de peso media no grupo intervenção foi de 1,89 ± 2,58 Kg comparada a perda media de peso no grupo padrão de 9,92 ± 6,68 Kg (p=0,017). Metade dos pacientes do grupo intervenção, que iniciaram o tratamento categorizados pela ASG-PPP em A, finalizou o tratamento nessa mesma categoria (41,7%). Mais de 40% dos pacientes do grupo intervenção alcançaram as necessidades calóricas durante cinco semanas do tratamento. Conclusão: Encontraram-se resultados significativos para menor perda de peso em pacientes com aconselhamento nutricional diário que podem futuramente ser precursores de diretrizes que orientem e direcionem profissionais a condutas especificas aos pacientes com esse perfil.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-04-02
Como Citar
1.
Pootz SC, Gonçalves Boff D, Canuto R, Brollo J, Pio da Silva AC. Aconselhamento Nutricional em Pacientes com Câncer de Cabeça, Pescoço e Esôfago em Tratamento (Quimio)Radioterápico. Rev. Bras. Cancerol. [Internet]. 2º de abril de 2020 [citado 7º de dezembro de 2021];66(1):e-13531. Disponível em: https://rbc.inca.gov.br/revista/index.php/revista/article/view/531
Seção
ARTIGO ORIGINAL