Covid-19 em Pacientes Oncológicos: uma Revisão do Perfil Clínico-Epidemiológico

  • Rafaela Campos Alcântara Acadêmica de Medicina da Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Campus Arapiraca. Arapiraca (AL), Brasil.
  • Luiz Carlos Francelino Silva Junior Acadêmico de Medicina da Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Campus Arapiraca. Arapiraca (AL), Brasil.
  • Gabriel Monteiro Arnozo Acadêmico de Medicina da Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Campus Arapiraca. Arapiraca (AL), Brasil.
  • Tatiana Farias de Oliveira Acadêmica de Medicina da Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Campus Arapiraca. Arapiraca (AL), Brasil.
  • Fernanda Mayara Santos Santana Acadêmica de Medicina da Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Campus Arapiraca. Arapiraca (AL), Brasil.
  • Etvaldo Rodrigues da Silva Filho Acadêmico de Medicina da Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Campus Arapiraca. Arapiraca (AL), Brasil.
  • Aisla Graciele Galdino dos Santos Acadêmica de Medicina da Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Campus Arapiraca. Arapiraca (AL), Brasil.
  • Euclides José Oliveira da Cunha Acadêmico de Medicina da Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Campus Arapiraca. Arapiraca (AL), Brasil.
  • Saulo Henrique Salgueiro de Aquino Acadêmico de Medicina da Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Campus Arapiraca. Arapiraca (AL), Brasil.
  • Rodrigo da Rosa Mesquita Acadêmico de Medicina da Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Campus Arapiraca. Arapiraca (AL), Brasil.
  • Carlos Dornels Freire de Souza Doutor em Saúde Pública/Epidemiologia pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Arapiraca (AL), Brasil.
Palavras-chave: Infecções por Coronavirus, Neoplasias/epidemiologia, Revisão

Resumo

Introdução: Desde o início da pandemia de Covid-19, estudos apontam que pacientes oncológicos representam um dos principais grupos de risco. Objetivo: Sintetizar a literatura no que se refere ao perfil clinico-epidemiológico de pacientes oncológicos com Covid-19. Método: Revisão integrativa da literatura a partir da base PubMed, utilizando os descritores COVID-19, SARS-CoV-2, 2019-nCoV, n-CoV e coronavirus combinados com câncer, tumor e malignancy. Resultados: Dos 821 artigos encontrados, nove textos foram incluídos na análise qualitativa, totalizando 39 indivíduos, com predomínio do sexo masculino (74,4% homens): China (6 textos, 35 pacientes), Nigéria (1 texto, 1 paciente), Franca (1 texto, 2 pacientes) e Dinamarca (1 texto, 1 paciente). Os canceres de pulmão (51,3%; n=20) e de mama (10,3%; n=4) foram os mais prevalentes. Em 87,2% (n=34), não foram relatadas informações sobre hábitos de vida. Os sintomas respiratórios (46,8%; n=18) e febre (43,6%; n=17) se destacaram. Seis pacientes foram a óbito (15,4%), quatro receberam alta por cura (10,2%), dois permaneceram internados até a publicação do estudo (5,2%) e sobre os demais (69,3%, n=27) o manuscrito não informava o desfecho. Conclusão: O cuidado adequado a esse grupo especial de pacientes quando infectados pelo novo coronavírus e fundamental em busca de melhores desfechos. Mais estudos ainda são necessários para uma melhor compreensão de como a Covid-19 se comporta em pacientes com câncer.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-06-01
Como Citar
1.
Alcântara RC, Silva Junior LCF, Arnozo GM, Oliveira TF de, Santana FMS, Silva Filho ER da, Santos AGG dos, Cunha EJO da, Aquino SHS de, Mesquita R da R, Souza CDF de. Covid-19 em Pacientes Oncológicos: uma Revisão do Perfil Clínico-Epidemiológico. Rev. Bras. Cancerol. [Internet]. 1º de junho de 2020 [citado 5º de agosto de 2021];66(TemaAtual):e-1046. Disponível em: https://rbc.inca.gov.br/revista/index.php/revista/article/view/1046