Opções Contemporâneas de Rastreio da Cardiotoxicidade Relacionada a Tratamentos Oncológicos

Autores

  • Bruno de Henrique Rala de Paula Cambridge University. Early Phase Trials Unit. Cambridge (UK), Inglaterra.
  • Lívia Liberata Barbosa Bandeira Universidade de Vassouras. Vassouras (RJ), Brasil.
  • Alex Pereira Ramos Universidade de Vassouras, Vassouras, Rio de Janeiro, Brasil.
  • Barbara Luiza Meireles Pinheiro Universidade de Vassouras, Vassouras, Rio de Janeiro, Brasil.
  • Ramon Magro Ferreira Universidade de Vassouras, Vassouras, Rio de Janeiro, Brasil.
  • Indiara Iris de Oliveira Araújo Universidade de Vassouras, Vassouras, Rio de Janeiro, Brasil.
  • Pedro Crocamo Ventilari da Costa Universidade Estácio de Sá. Rio de Janeiro (RJ), Brasil.
  • Susanne Crocamo Unidade de Pesquisa Clínica em Câncer de Mama do Hospital do Câncer III do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (HCIII/INCA). Rio de Janeiro (RJ), Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.32635/2176-9745.RBC.2019v65n3.388

Palavras-chave:

Cardiotoxicidade/diagnóstico, Cardiotoxicidade/tratamento farmacológico, Neoplasias

Resumo

Neste artigo, serão discutidos os métodos clássicos e contemporâneos no diagnóstico, rastreio e manejo da cardiotoxicidade, relacionados ao tratamento oncológico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2019-11-29

Como Citar

1.
Paula B de HR de, Bandeira LLB, Ramos AP, Pinheiro BLM, Ferreira RM, Araújo II de O, Costa PCV da, Crocamo S. Opções Contemporâneas de Rastreio da Cardiotoxicidade Relacionada a Tratamentos Oncológicos. Rev. Bras. Cancerol. [Internet]. 29º de novembro de 2019 [citado 22º de janeiro de 2022];65(3):e-07388. Disponível em: https://rbc.inca.gov.br/revista/index.php/revista/article/view/388

Edição

Seção

ARTIGOS DE OPINIÃO