Qualidade de Vida e Saúde Bucal em Crianças submetidas à Terapia Antineoplásica

Autores

  • Alana Kelly Maia Macêdo Nobre de Lima Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). Cajazeiras (PB), Brasil.
  • Alana Cândido Paulo Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Ribeirão Preto (SP), Brasil.
  • Danilo Antonio Duarte Faculdade São Leopoldo Mandic (SLMANDIC). Campinas (SP), Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.32635/2176-9745.RBC.2022v68n2.2164

Palavras-chave:

neoplasias, antineoplásicos/efeitos adversos, manifestações bucais, qualidade de vida, criança

Resumo

Introdução: O câncer e uma doença grave cujo protocolo de tratamento pode produzir severos efeitos colaterais de ordem psicossocial e física. Os principais efeitos do tratamento antineoplásico podem acometer a cavidade oral, especialmente em crianças, comprometendo a sua qualidade de vida e a do núcleo familiar. Objetivo: Identificar e descrever as lesões bucais relacionadas aos efeitos colaterais produzidos pelo tratamento antineoplásico e avaliar seu impacto sobre a qualidade de vida da criança e da sua família. Método: Estudo qualitativo e transversal, com a participação de 117 crianças pré-escolares atendidas em hospital de referência (Paraíba), por meio do questionário B-ECOHIS, de exames clínicos odontológicos e de prontuários médicos. O tratamento estatístico fundamentou-se na análise descritiva e regressão de Poisson com variância robusta no método Stepwise (p<0,05). Resultados: As manifestações mais observadas foram mucosite e xerostomia (66,7% e 54,7%, respectivamente). Relativo ao impacto na qualidade de vida da criança, o domínio de maior média foi limitação funcional 3,0 (±1,8) e, na família, função familiar 1,0 (±1,0). Conclusão: O impacto na qualidade de vida das crianças se revelou fraco e, no núcleo familiar, não foi significativo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva. Estimativa 2020: incidência de câncer no Brasil. Rio de Janeiro: INCA; 2019.

Goursand D, Borges CM, Alves KM, et al. Sequelas bucais em crianças submetidas à terapia antineoplásica: causas e definição do papel do cirurgião dentista. Arqu Odontol [Internet]. 2006 [acesso 2020 jul 11];42(3):161-256. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/arquivosemodontologia/article/view/3402

Barbosa AM, Ribeiro DM, Caldo-Teixeira AS. Conhecimentos e práticas em saúde bucal com crianças hospitalizadas com câncer. Ciênc Saúde Coletiva. 2010;15(Suppl 1):1113-22. doi: https://doi.org/10.1590/S1413-81232010000700019

Fraga GGAS, Macêdo DP, Jácome Júnior AT, et al. Aparecimento de manifestações orais em crianças ocasionadas pelo uso de terapias antineoplásicas. In: Castro LHA, Moreto FVC, Pereira TT, organizadores. Ações de saúde e geração de conhecimento nas ciências médicas 7. Ponta Grossa (PR): Atena; 2020. p. 92-100. doi: https://doi.org/10.22533/at.ed.02920230712 DOI: https://doi.org/10.22533/at.ed.02920230712

Tesch FC, Oliveira BH, Leão A. Equivalência semântica da versão em português do instrumento Early Childhood Oral Health Impact Scale. Cad Saúde Pública. 2008;24(8):1897-1909. doi: https://doi.org/10.1590/S0102-311X2008000800018 DOI: https://doi.org/10.1590/S0102-311X2008000800018

Martins-Júnior PA, Ramos-Jorge J, Paiva SM, et al. Validations of the Brazilian version of the Early Childhood Oral Health Impact Scale (ECOHIS). Cad Saúde Pública. 2012;28(2):367-74. doi: https://doi.org/10.1590/S0102-311X2012000200015 DOI: https://doi.org/10.1590/S0102-311X2012000200015

Conselho Nacional de Saúde (BR). Resolução nº 466, de 12 de dezembro de 2012. Aprova as diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos. Diário Oficial da União, Brasília, DF. 2013 jun 13; Seção 1:59.

Makvandi P, Josic U, Delfi M, et al. Drug Delivery (Nano) platforms for oral and dental applications: tissue regeneration, infection control, and cancer management. Adv Sci (Weinh). 2021;8(8):2004014. doi: https://doi.org/10.1002/advs.202004014 DOI: https://doi.org/10.1002/advs.202004014

Wogelius P, Rosthøj S, Dahllöf G, et al. Oral health-related quality of life among survivors of childhood cancer. Int J Paediatr Dent. 2011;21(6):465-7. doi: https://doi.org/10.1111/j.1365-263X.2011.01134.x DOI: https://doi.org/10.1111/j.1365-263X.2011.01134.x

Barbosa AM, Ribeiro DM, Caldo-Teixeira AS. Conhecimentos e práticas em saúde bucal com crianças hospitalizadas com câncer. Ciênc Saúde Coletiva. 2010;15(Suppl 1):1113-22. doi: https://doi.org/10.1590/S1413-81232010000700019 DOI: https://doi.org/10.1590/S1413-81232010000700019

Paredes SO, Galvão RN, Fonseca FRA. Influência da saúde bucal sobre a qualidade de vida de crianças pré-escolares. Rev Baiana Saúde Pública. 2014;38(1):125-39. doi: https://doi.org/10.22278/2318-2660.2014.v38.n1.a649 DOI: https://doi.org/10.22278/2318-2660.2014.v38.n1.a649

Villa A, Sonis ST. Mucositis: pathobiology and management. Curr Opin Oncol. 2015;27(3):159-64. doi: https://doi.org/10.1097/CCO.0000000000000180 DOI: https://doi.org/10.1097/CCO.0000000000000180

Ribeiro ILA, Melo ACR, Limão NP, et al. Oral mucositis in pediatric oncology patients: a nested case-control to a prospective cohort. Braz Dent J. 2020;31(1):78-88. doi: https://doi.org/10.1590/0103-6440201802881 DOI: https://doi.org/10.1590/0103-6440201802881

Gordón-Nuñez MA, Pinto LP. Candidíase e sua relação com a mucosite oral em pacientes oncológicos pediátricos. Rev Bras Patol Oral. 2003;2(2):4-9.

Damascena LCL, Lucena NNN, Ribeiro ILA, et al. Severe oral mucositis in pediatric cancer patients: survival analysis and predictive factors. Int J Environ Res Public Health. 2020;17(4):1235. doi: https://doi.org/10.3390/ijerph17041235 DOI: https://doi.org/10.3390/ijerph17041235

Amaral TMP, Campos CC, Santos TPM, et al. Effect of salivary stimulation therapies on salivary flow and chemotherapy-induced mucositis: a preliminary study. Oral Surg Oral Med Oral Pathol Oral Radiol. 2012;113(5):628-37. doi: https://doi.org/10.1016/j.oooo.2011.10.012 DOI: https://doi.org/10.1016/j.oooo.2011.10.012

Lopes-Júnior LC, Bomfim EO, Nascimento LC, et al. Non-pharmacological interventions to manage fatigue and psychological stress in children and adolescents with cancer: an integrative review. Eur J Cancer Care (Engl). 2016;25(6):921-5. doi: https://doi.org/10.1111/ecc.12381 DOI: https://doi.org/10.1111/ecc.12381

Lopes IA, Nogueira DN, Lopes IA. Manifestações orais decorrentes da quimioterapia em crianças de um centro de tratamento oncológico. Pesq Bras Odontoped Clin Integr. 2012;12(1):113-9. DOI: https://doi.org/10.4034/PBOCI.2012.121.18

Jesus LG, Cicchelli M, Martins GB, et al. Repercussões orais de drogas antineoplásicas: uma revisão de literatura. RFO UPF. 2016;21(1):130-5. doi: https://doi.org/10.5335/rfo.v21i1.5052 DOI: https://doi.org/10.5335/rfo.v21i1.5052

Alves RF, Melo MO, Andrade SFO, et al. Qualidade de vida em pacientes oncológicos na assistência em casas de apoio. Aletheia. 2012;38(39):39-54.

Del Bianco Faria AM, Cardoso CL. Aspectos psicossociais de acompanhantes cuidadores de crianças com câncer: stress e enfrentamento. Estud Psicol. 2010;27(1):13-20. doi: https://doi.org/10.1590/S0103-166X2010000100002 DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-166X2010000100002

Van der Gucht K, Takano K, Labarque V, et al. A mindfulness-based intervention for adolescents and young adults after cancer treatment: effects on quality of life, emotional distress, and cognitive vulnerability. J Adolesc Young Adult Oncol. 2017;6(2):307-17. doi: https://doi.org/10.1089/jayao.2016.0070 DOI: https://doi.org/10.1089/jayao.2016.0070

Velez-Florez G, Velez-Florez MC, Mantilla-Rivas JO, et al. Mind-body therapies in childhood cancer. Curr Psychiatry Rep. 2018;20(8):58. doi: https://doi.org/10.1007/s11920-018-0927-6 DOI: https://doi.org/10.1007/s11920-018-0927-6

Ponte YO, Ximenes RDA, Vasconcelos AA, et al. Saúde bucal em crianças com câncer: conhecimentos e práticas dos cuidadores. RFO UPF. 2019;24(2):183-91. doi: https://doi.org/10.5335/rfo.v24i2.10433 DOI: https://doi.org/10.5335/rfo.v24i2.10433

Downloads

Publicado

2022-06-22

Como Citar

1.
Lima AKMMN de, Paulo AC, Duarte DA. Qualidade de Vida e Saúde Bucal em Crianças submetidas à Terapia Antineoplásica. Rev. Bras. Cancerol. [Internet]. 22º de junho de 2022 [citado 28º de junho de 2022];68(2):e-202164. Disponível em: https://rbc.inca.gov.br/index.php/revista/article/view/2164

Edição

Seção

ARTIGO ORIGINAL