Disque Saúde Pare de Fumar no Brasil: uma Fonte de Informação a mais para a População

Autores

  • Cristina de Abreu Perez Instituto Nacional de Câncer (INCA). Rio de Janeiro (RJ), Brasil. Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP)/Fiocruz. Rio de Janeiro (RJ), Brasil.
  • Claudia Teresa Pinheiro Instituto Nacional de Câncer (INCA). Rio de Janeiro (RJ), Brasil.
  • Stella Bialous Tobacco Policy International. San Francisco (CA), USA.
  • Valéria Cunha Instituto Nacional de Câncer (INCA). Rio de Janeiro (RJ), Brasil. Instituto de Estudo de Saúde Coletiva (IESC)/UFRJ. Rio de Janeiro (RJ), Brasil.
  • Tânia Maria Cavalcante Instituto Nacional de Câncer (INCA). Rio de Janeiro (RJ), Brasil. Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP)/Fiocruz. Rio de Janeiro (RJ), Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.32635/2176-9745.RBC.2011v57n3.668

Palavras-chave:

Transtorno por Uso de Tabaco, Abandono do Uso de Tabaco, Tabagismo, Epidemiologia Descritiva

Resumo

Introdução: O Disque Saúde Pare de Fumar é um serviço de aconselhamento para a cessação de fumar por meio do telefone e uma fonte de esclarecimento da população sobre os malefícios do tabagismo. Objetivo: Descrever o perfil dos indivíduos que procuraram o Disque Saúde Pare de Fumar, fazer uma análise descritiva do serviço e discutir a evolução do número de chamadas, relacionando-as às medidas políticas. Métodos: Entre os meses de janeiro a dezembro de 2009, os dados foram coletados nos sistemas OuvidorSUS e Web Report. Levantou-se o número de ligações e sua distribuição de acordo com dados sociodemográficos como gênero, estado civil, escolaridade, faixa etária e assunto procurado. Também foi identificado o status do tabagismo dos indivíduos: fumante, ex-fumante ou nunca fumou e se é a primeira vez que está ligando para o serviço. Resultados: O tabagismo representou 23% de todas as ligações recebidas, posicionando-o como segundo assunto mais procurado depois de doenças e orientações sobre saúde. Entre os indivíduos que telefonaram para o Disque Saúde Pare de Fumar, 79% eram fumantes e 80% informaram ter ligado pela primeira vez. Quanto à faixa etária, os jovens, entre 12 a 24 anos de idade, representam quase metade da população que procura pelo atendimento e, entre todas as pessoas que ligaram, 56% eram do sexo masculino e 49% eram solteiros. Conclusão: O Disque Saúde Pare de Fumar mostrou-se uma importante fonte de informações, entretanto faz-se necessário realizar uma pesquisa de efetividade quanto à cessação de fumar. Palavras-chave: Transtorno por Uso de Tabaco; Abandono do Uso de Tabaco; Tabagismo; Epidemiologia

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2011-09-30

Como Citar

1.
Perez C de A, Pinheiro CT, Bialous S, Cunha V, Cavalcante TM. Disque Saúde Pare de Fumar no Brasil: uma Fonte de Informação a mais para a População. Rev. Bras. Cancerol. [Internet]. 30º de setembro de 2011 [citado 4º de fevereiro de 2023];57(3):337-44. Disponível em: https://rbc.inca.gov.br/index.php/revista/article/view/668

Edição

Seção

ARTIGO ORIGINAL

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)