Consumo de Vitaminas Antioxidantes por Mulheres com Câncer de Mama submetidas ao Tratamento Quimioterápico na Cidade de Pelotas-RS

  • Tassia Ney Portantiolo Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Pelotas (RS), Brasil.
  • Idrejane Aparecida Viccari do Vale Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Pelotas (RS), Brasil.
  • Rafaela Bülow Bergmann Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Pelotas (RS), Brasil.
  • Renata Torres Abib Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Faculdade de Nutrição da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Pelotas (RS), Brasil.
Palavras-chave: Neoplasias da Mama, Vitaminas, Quimioterapia, Humanos, Feminino, Brasil

Resumo

Introdução: O câncer de mama e o mais comum no sexo feminino e, no Sul, tem uma das taxas mais altas dos do país: afeta mais de 70 a cada 100.000 mulheres. Objetivo: Avaliar o consumo de vitaminas antioxidantes por mulheres com câncer de mama em tratamento quimioterápico e verificar a necessidade de adequar o seu consumo. Método: Estudo transversal com pacientes com neoplasia mamaria em quimioterapia no Setor de Oncologia do Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas, atendidas no período de maio a dezembro de 2012. O consumo alimentar das pacientes foi avaliado por Questionário de Frequência Alimentar. Resultados: A amostra foi formada por 23 mulheres, 78,3% adultas e 21,7% idosas. A media de idade foi de 56,91±12,25 anos. Aproximadamente 43% da amostra não atingiu o valor recomendado de ingestão de Vitamina A, embora a mediana de consumo tenha sido maior que a recomendação Em relação a Vitamina C, todas ultrapassaram o ideal, enquanto nenhuma consumiu quantidade mínima de vitamina E. Conclusão: Observou-se que existe um consumo diminuído de vitamina E por todas as pacientes, e um número expressivo de mulheres com baixo consumo de vitamina A, importantes antioxidantes da dieta que podem contribuir para neutralizar o perfil pró-oxidativo da doença. Notou-se a necessidade de aconselhamento nutricional, a fim de adequar o consumo de vitaminas antioxidantes na dieta, com o intuito de auxiliar no tratamento e melhorar o estado nutricional dessas pacientes.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2014-12-31
Como Citar
1.
Ney Portantiolo T, Viccari do Vale IA, Bülow Bergmann R, Torres Abib R. Consumo de Vitaminas Antioxidantes por Mulheres com Câncer de Mama submetidas ao Tratamento Quimioterápico na Cidade de Pelotas-RS. Rev. Bras. Cancerol. [Internet]. 31º de dezembro de 2014 [citado 27º de outubro de 2021];60(4):323-9. Disponível em: https://rbc.inca.gov.br/revista/index.php/revista/article/view/450
Seção
ARTIGO ORIGINAL