Dinâmica da Implantação de Humanização no Serviço de Radioterapia Pediátrica do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva, Brasil

Autores

  • Denise Maria de Araújo Magalhães Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Rio de Janeiro (RJ), Brasil.
  • Guilherme Araújo Magalhães Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Rio de Janeiro (RJ), Brasil.
  • Nathalia Grigorovski Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Rio de Janeiro (RJ), Brasil.
  • Israel Figueiredo Junior Universidade Federal Fluminense (UFF), Faculdade de Medicina. Niterói (RJ), Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.32635/2176-9745.RBC.2022v68n2.1662

Palavras-chave:

humanização da assistência, pediatria, neoplasias/radioterapia, criança

Resumo

Introdução: O tratamento do câncer infantil é multidisciplinar, e a radioterapia faz parte dessa abordagem, sendo, em geral, um procedimento crítico em crianças. A necessidade de permanecerem sem acompanhante e imóveis no aparelho de tratamento, aliada ao receio da natureza dessa terapia, faz com que o uso de anestesia seja comum. Para que a criança pudesse se sentir mais confortável e confiante com esse tratamento, foram introduzidas medidas de humanização na rotina da radioterapia. Objetivo: Descrever a dinâmica do processo de humanização utilizado. Método: Estudo descritivo sobre a implantação de medidas de humanização, entre maio/2016 e dezembro/2017, no Serviço de Radioterapia do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva, RJ, Brasil. Resultado: A customização das máscaras de tratamento, a utilização de fantasias correspondentes, o certificado de coragem, as comemorações de datas festivas e as melhorias no ambiente foram as principais intervenções de humanização realizadas. Houve uma transformação no enfrentamento das adversidades inerentes ao tratamento, com evidente benefício para o ambiente e bem-estar da criança. Uma relação de confiança foi estabelecida entre a criança, sua família e a equipe profissional. Maior adesão, redução do absenteísmo e aparente redução de anestesia para o tratamento foram os resultados constatados. Conclusão: As ações implementadas trouxeram inequívoco ganho para o bem-estar geral dos envolvidos no processo de humanização. Aponta-se a necessidade de estudo quantitativo sobre a melhoria no fluxo de atendimento nesse Serviço, seja por meio da redução do uso de anestesia para o tratamento ou no tempo diário no aparelho de radioterapia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva. Estimativa 2020: incidência de câncer no Brasil [Internet]. Rio de Janeiro: INCA; 2019 [acesso 2021 mar 15]. Disponível em: https://www.inca.gov.br/sites/ufu.sti.inca.local/files//media/document//estimativa-2020-incidencia-de-cancer-no-brasil.pdf

Novaes PERS. Radioterapia pediátrica: condições para implantação e estratégias para o aprimoramento da assistência. Onco& [Internet]. 2014 set-out [acesso 2021 mar 15]:34-7. Disponível em: https://hugepdf.com/download/radioterapia-pediatrica-condioes-para-implantaao_pdf

Halperin EC, Wazer DE, Perez CA, et al., editors. Principles and practice of radiation oncology. 7th ed. Philadelphia: Wolters Kluwer; 2019. Chapter 1, The discipline of radiation oncology; p. 115-6.

Khurmi N, Patel P, Koushik S, et a. Anesthesia practice in pediatric radiation oncology: mayo clinic Arizona's experience 2014-2016. Paediatric Drugs. 2018;20(1):89-95. doi: https://doi.org/10.1007/s40272-017-0259-8 DOI: https://doi.org/10.1007/s40272-017-0259-8

Ministério da Saúde (BR). Portaria nº 3.390, de 30 de dezembro de 2013. Institui a Política Nacional de Atenção Hospitalar (PNHOSP) no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), estabelecendo- se as diretrizes para a organização do componente hospitalar da Rede de Atenção à Saúde (RAS). Diário Oficial da União. 2013 dez 31 [acesso 2021 mar 6]; Seção 1:54. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2013/prt3390_30_12_2013.html

Política de Humanização da Assistência à Saúde [Internet]. Rio Grande do Sul: Secretaria de Saúde do Estado do Rio Grande do Sul; c2005. Manual da humanização; [acesso 2020 fev 10]. Disponível em: http://www.humanizasaude.rs.gov.br/site/artigos/manual

Caires S, Esteves CH, Correia S, et al. Palhaços de hospital como estratégia de amenização da experiência de hospitalização infantil. Psico-USF. 2014;19(3):377-86. doi: https://doi.org/10.1590/1413-82712014019003001 DOI: https://doi.org/10.1590/1413-82712014019003001

Silva GH, Piovesan JC. Música e alegria: uma prática humanizada para crianças hospitalizadas. Rev Vivências. 2020;16(30):127-44. doi: https://doi.org/10.31512/vivencias.v16i30.146 DOI: https://doi.org/10.31512/vivencias.v16i30.146

Valladares ACA, Carvalho AMP. A arterapia e o desenvolvimento do comportamento no contexto da hospitalização. Rev Esc Enferm USP. 2006;40(3):350-5. doi: https://doi.org/10.1590/S0080-62342006000300006 DOI: https://doi.org/10.1590/S0080-62342006000300006

Balazy KE, Hiniker SM, Bush K. Impact of audio-visual assisted therapeutic ambience in radiotherapy (AVATAR) on anesthesia use, cost, and time in pediatric patients. Int J Radiat Oncol Biol Phys. 2017;99(Suppl 1):E564-5. doi: https://doi.org/10.1016/j.ijrobp.2017.06.1957 DOI: https://doi.org/10.1016/j.ijrobp.2017.06.1957

Scott MT, Todd KE, Oakley H. Reducing anesthesia and health care cost through utilization of child life specialists in pediatric radiation oncology Int J Radiat Oncol Biol Phys. 2016;96(2):401-5. doi: https://doi.org/10.1016/j.ijrobp.2016.06.001 DOI: https://doi.org/10.1016/j.ijrobp.2016.06.001

Downloads

Publicado

2022-05-10

Como Citar

1.
Magalhães DM de A, Magalhães GA, Grigorovski N, Figueiredo Junior I. Dinâmica da Implantação de Humanização no Serviço de Radioterapia Pediátrica do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva, Brasil. Rev. Bras. Cancerol. [Internet]. 10º de maio de 2022 [citado 16º de maio de 2022];68(2):e-041662. Disponível em: https://rbc.inca.gov.br/index.php/revista/article/view/1662

Edição

Seção

ARTIGO ORIGINAL