Efeito da Atividade Educativa “Armazém da Saúde” na Promoção da Alimentação Saudável e Prevenção de Câncer no Ambiente de Trabalho

Autores

  • Natália Gomes Pimenta Unidade Técnica de Alimentação, Nutrição e Câncer (Utanc) da Coordenação de Prevenção e Vigilância do Câncer (Conprev) do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Rio de Janeiro (RJ), Brasil
  • Thainá Alves Malhão Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Utanc/Conprev/INCA. Rio de Janeiro (RJ), Brasil http://orcid.org/0000-0002-5644-1089
  • Fabio da Silva Gomes Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Utanc/Conprev/INCA. Rio de Janeiro (RJ), Brasil
  • Sueli Gonçalves Couto Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio). Utanc/Conprev/ INCA. Rio de Janeiro (RJ), Brasil.
  • Maria Eduarda Leão Diógenes Melo Unidade Técnica de Alimentação, Nutrição e Câncer (Utanc) da Coordenação de Prevenção e Vigilância do Câncer (Conprev) do Istituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Rio de Janeiro (RJ), Brasil. https://orcid.org/0000-0002-4134-5860

DOI:

https://doi.org/10.32635/2176-9745.RBC.2015v61n3.233

Palavras-chave:

Educação Alimentar e Nutricional, Promoção da Saúde;, Local de Trabalho, Neoplasias/ prevenção & controle, Motivação;

Resumo

Introdução: Intervenções educativas de saúde no ambiente de trabalho parecem ter um impacto positivo na promoção do consumo de alimentos saudáveis. Objetivo: Avaliar o efeito da atividade educativa “Armazém da Saúde” no ambiente de trabalho sobre o conhecimento de funcionários acerca das recomendações de alimentação para a prevenção de câncer e sobre o estágio de motivação para mudanças na alimentação em favor da prevenção de câncer. Método: Estudo transversal com 66 funcionários de uma empresa de telecomunicações. A idade variou de 19 a 54 anos. O conhecimento e o estágio de motivação foram avaliados por meio de questionário aplicado imediatamente antes e após a atividade. Resultado: Após a atividade, o conhecimento dos funcionários a respeito das recomendações para a prevenção de câncer por meio da alimentação aumentou (P<0,01), exceto para o consumo de bebidas alcóolicas (P=0,06). Não foram observadas diferenças significativas no estágio de motivação para mudança no consumo de bebidas açucaradas e de frutas, legumes e verduras antes e após a atividade. Conclusão: O “Armazém da Saúde” em um ambiente de trabalho não afetou a intenção de mudanças na alimentação, embora tenha sido efetivo em ampliar o conhecimento dos funcionários acerca das recomendações de alimentação para a prevenção de câncer.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-09-30

Como Citar

1.
Gomes Pimenta N, Alves Malhão T, da Silva Gomes F, Gonçalves Couto S, Leão Diógenes Melo ME. Efeito da Atividade Educativa “Armazém da Saúde” na Promoção da Alimentação Saudável e Prevenção de Câncer no Ambiente de Trabalho. Rev. Bras. Cancerol. [Internet]. 30º de setembro de 2015 [citado 8º de agosto de 2022];61(3):205-1. Disponível em: https://rbc.inca.gov.br/index.php/revista/article/view/233

Edição

Seção

ARTIGO ORIGINAL

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)