Cultura de Segurança do Paciente Oncológico na Perspectiva da Equipe Multiprofissional

Autores

DOI:

https://doi.org/10.32635/2176-9745.RBC.2022v68n4.2594

Palavras-chave:

cultura organizacional, segurança do paciente, equipe de assistência ao paciente, Institutos de Câncer

Resumo

Introdução: A cultura de segurança origina-se da cultura organizacional, sendo descrita como o conjunto de percepções, competências, atitudes e valores, tanto individuais quanto coletivas, em prol de uma organização comprometida com a gestão da segurança do paciente. Em cenários como complexos oncológicos/Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon), onde os pacientes estão mais vulneráveis e a rotina diária da equipe multiprofissional é fundamentada por vários processos de trabalho, é necessário que seja avaliada a cultura de segurança em busca de pontos a serem aperfeiçoados. Objetivo: Analisar a cultura de segurança do paciente em um complexo oncológico na perspectiva da equipe multiprofissional. Método: Estudo descritivo-exploratório, de natureza quantitativa, do tipo transversal, desenvolvido em um complexo oncológico no Sul do Brasil, com 46 profissionais da equipe multiprofissional. Os dados foram coletados entre julho e setembro de 2021, por meio da aplicação do questionário Hospital Survey on Patient Safety Culture (HSOPSC). Na analise e interpretação de dados, foram seguidas as orientações da Agency for Healthcare Research and Quality. Resultados: Os dados obtidos demonstraram maior frequência de positividade para “trabalho em equipe da unidade” (61,9%) e “expectativas e ações do supervisor/chefe para a promoção da segurança do paciente” (60,9%). Conclusão: Os resultados indicam que a cultura de segurança precisa ser fortalecida no local do estudo nas 12 dimensões avaliadas, com especial atenção aquelas dimensões com avaliação com menor taxa de positividade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Lemos GC, Azevedo C, Bernardes MFVG, et al. A cultura de segurança do paciente no âmbito da enfermagem: reflexão teórica. Rev Enferm Cent Oeste Min. 2018;8:1-8. doi: https://doi.org/10.19175/recom.v8i0.2600 DOI: https://doi.org/10.19175/recom.v8i0.2600

Silva AR. Segurança da equipe de saúde x segurança do paciente em tempos de pandemia: uma revisão de literatura. RAHIS. 2021;18(5):128-39. doi: https://doi.org/10.21450/rahis.v18i5.7111 DOI: https://doi.org/10.21450/rahis.v18i5.7111

World Health Organization [Internet]. Geneva: WHO; c2022. Patient safety: safe surgery saves lives; 2014 Aug 20 [cited 2021 Dec 08]. Available from: https://www.who.int/news-room/questions-and-answers/item/safe-surgery-saves-lives-frequently-asked-questions

Sanchis DZ, Haddad MCFL, Girotto E, et al. Cultura de segurança do paciente: percepção de profissionais de enfermagem em instituições de alta complexidade. Rev Bras Enferm. 2020;73(5):e20190174. doi: https://doi.org/10.1590/0034-7167-2019-0174 DOI: https://doi.org/10.1590/0034-7167-2019-0174

Bohomol E, Melo EF. Cultura de segurança do paciente em centro cirúrgico: percepção da equipe de enfermagem. Rev SOBECC. 2019;24(3):132-8. doi: https://doi.org/10.5327/Z1414-4425201900030004 DOI: https://doi.org/10.5327/Z1414-4425201900030004

Notaro KAM, Corrêa AR, Tomazoni A, et al. Cultura de segurança da equipe multiprofissional em Unidades de Terapia Intensiva Neonatal de hospitais públicos. Rev Lat Am Enfermagem. 2019;27:e3167. doi: https://doi.org/10.1590/1518-8345.2849.3167 DOI: https://doi.org/10.1590/1518-8345.2849.3167

Fermo VC, Radünz V, Rosa LM, et al. Cultura de segurança do paciente em unidade de Transplante de Medula Óssea. Rev Bras Enferm. 2015;68(6):1139-46. doi: https://doi.org/10.1590/0034-7167.2015680620i DOI: https://doi.org/10.1590/0034-7167.2015680620i

Raeissi P, Sharifi M, Khosravizadeh O, et al. Survey of cancer patient safety culture: a comparison of chemotherapy and oncology departments of teaching hospitals of Tehran. Asian Pac J Cancer Prev. 2017;18(10):2775-9. doi: https://doi.org/10.22034/APJCP.2017.18.10.2775

Ministério da Saúde (BR), Gabinete do Ministro. Portaria nº 874, de 16 de maio de 2013. Institui a Política Nacional para a Prevenção e Controle do Câncer na Rede de Atenção à Saúde das Pessoas com Doenças Crônicas no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) [Internet]. Diário Oficial da União, Brasília, DF. 2013 maio 17 [acesso 2021 dez 20]; Seção 1:129. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2013/prt0874_16_05_2013.html

Lins FG, Souza SR. Formação dos enfermeiros para o cuidado em oncologia. Rev Enferm UFPE on line. 2018;1(12):66-74. doi: https://doi.org/10.5205/1981-8963-v12i1a22652p66-74-2018 DOI: https://doi.org/10.5205/1981-8963-v12i1a22652p66-74-2018

Reis CT, Laguardia J, Martins M. Adaptação transcultural da versão brasileira do Hospital Survey on Patient Safety Culture: etapa inicial. Cad Saúde Pública. 2012;28(11):2199-2210. doi: https://doi.org/10.1590/S0102-311X2012001100019 DOI: https://doi.org/10.1590/S0102-311X2012001100019

Sorra J, Gray L, Famolaro T, et al. AHRQ medical office survey on patient safety culture: user’s guide [Internet]. Rockville (MD): Agency for Healthcare Research and Quality; 2018 July [cited 2021 Dec 18]. Available from: https://www.ahrq.gov/sites/default/files/wysiwyg/sops/surveys/medical-office/Medical-Office-Users-Guide-2021.pdf

Ribeiro AC, Nogueira PC, Tronchin DMR, et al. Cultura de segurança do paciente: percepção dos enfermeiros em um centro de referência em cardiopneumologia. Texto Contexto Enferm. 2019;28:e20180118. doi: https://doi.org/10.1590/1980-265X-TCE-2018-0118 DOI: https://doi.org/10.1590/1980-265x-tce-2018-0118

Conselho Nacional de Saúde (BR). Resolução nº 466, de 12 de dezembro de 2012. Aprova as diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos [Internet]. Diário Oficial da União, Brasília, DF. 2013 jun 13 [acesso 2021 nov 30]; Seção 1:59. Disponível em: https://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2012/Reso466.pdf

Conselho Nacional de Saúde (BR). Resolução nº 510, de 7 de abril de 2016. Dispõe sobre as normas aplicáveis a pesquisas em Ciências Humanas e Sociais cujos procedimentos metodológicos envolvam a utilização de dados diretamente obtidos com os participantes ou de informações identificáveis ou que possam acarretar riscos maiores do que os existentes na vida cotidiana, na forma definida nesta Resolução [Internet]. Diário Oficial da União, Brasília, DF. 2016 maio 24 [acesso 2021 nov 30]; Seção 1:44. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/cns/2016/res0510_07_04_2016.html

Conselho Nacional de Saúde (BR). Resolução nº 580, de 22 de março de 2018. Regulamenta o disposto no item XIII.4 da Resolução CNS nº 466, de 12 de dezembro de 2012, que estabelece que as especificidades éticas das pesquisas de interesse estratégico para o Sistema Único de Saúde (SUS) serão contempladas em Resolução específica, e dá outras providências [Internet]. Diário Oficial da União, Brasília, DF. 2018 jul 16 [acesso 2021 nov 30]; Seção 1:55. Disponível em: https://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2018/Reso580.pdf

Félix RS, Filippin NT. Cultura de segurança do paciente em uma maternidade. Rev Enferm UFSM. 2020;10:e73. doi: https://doi.org/10.5902/2179769240280 DOI: https://doi.org/10.5902/2179769240280

Fagundes TE, Acosta AS, Gouvea PB, et al. Cultura de segurança do paciente em centro cirúrgico na perspectiva da equipe de enfermagem. J Nurs Health [Internet]. 2021 [acesso 2021 dez 16];11(2):e2111219510. Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/enfermagem/article/view/19510

Massaroli A, Rodrigues MEC, Kooke K, et al. Avaliação da cultura de segurança do paciente em um hostipal do sul do Brasil. Cienc Enferm. 2021;27:10. doi: https://doi.org/10.29393/CE27-10ACAM60010 DOI: https://doi.org/10.29393/CE27-10ACAM60010

Serrano ACFF, Santos DF, Matos SS, et al. Avaliação da cultura de segurança do paciente em um hospital filantrópico. REME Rev Min Enferm. 2019;23:e-1183. doi: http://www.doi.org/10.5935/1415-2762.20190031

Backes MTS, Higashi GDC, Damiani PR, et al. Condições de trabalho dos profissionais de enfermagem no enfrentamento da pandemia da covid-19. Rev Gaúcha Enferm. 2021;42(Spe):e20200339. doi: https://doi.org/10.1590/1983-1447.2021.20200339 DOI: https://doi.org/10.1590/1983-1447.2021.20200339

Negrão SMC, Conceição MN, Mendes MJF, et al. Avaliação da prática de enfermagem na segurança do paciente oncológico. Enferm Foco. 2019;10(4):136-42. doi: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2019.v10.n4.2129 DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2019.v10.n4.2129

Abreu IM, Rocha RC, Avelino FVSD, et al. Cultura de segurança do paciente em centro cirúrgico: visão da enfermagem. Rev Gaúcha Enferm. 2019;40(Spe):e20180198. doi: https://doi.org/10.1590/1983-1447.2019.20180198 DOI: https://doi.org/10.1590/1983-1447.2019.20180198

Bittencourt NCCM, Souza MGG, Nigri RB, et al. A cultura de segurança no cuidado paliativo oncológico durante a pandemia de covid-19. Rev Bras Cancerol. 2020;66(Tema Atual):e-1146. doi: https://doi.org/10.32635/2176-9745.RBC.2020v66nTemaAtual.1146 DOI: https://doi.org/10.32635/2176-9745.RBC.2020v66nTemaAtual.1146

Melo E, Balsanelli AP, Neves VR, et al. Cultura de segurança do paciente segundo profissionais de enfermagem de um hospital acreditado. Rev Gaúcha Enferm. 2020;41:e20190288. doi: https://doi.org/10.1590/1983-1447.2020.20190288 DOI: https://doi.org/10.1590/1983-1447.2020.20190288

Campelo CL, Nunes FDO, Silva LDC, et al. Cultura de segurança do paciente entre profissionais de enfermagem no ambiente da terapia intensiva. Rev Esc Enferm USP. 2021;55:e03754. doi: https://doi.org/10.1590/S1980-220X2020016403754 DOI: https://doi.org/10.1590/s1980-220x2020016403754

Downloads

Publicado

2022-09-19

Como Citar

1.
Fagundes TE, Acosta A da S, Peretiatko EL, Rodrigues JMS. Cultura de Segurança do Paciente Oncológico na Perspectiva da Equipe Multiprofissional. Rev. Bras. Cancerol. [Internet]. 19º de setembro de 2022 [citado 28º de novembro de 2022];68(4):e-022594. Disponível em: https://rbc.inca.gov.br/index.php/revista/article/view/2594

Edição

Seção

ARTIGO ORIGINAL