Câncer de Mama em Mulheres Jovens: Análise de 12.689 Casos

Autores

  • Aline Barros Pinheiro Universidade Federal da Bahia (UFBA). Salvador (BA), Brasil.
  • Dagmar Scholl Lauter Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÍ). Ijuí (RS), Brasil.
  • Giselle Coutinho Medeiros Instituto Nacional do Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Rio de Janeiro (RJ), Brasil. https://orcid.org/0000-0002-4924-866X
  • Isabella Ribeiro Cardozo Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Rio de Janeiro (RJ), Brasil.
  • Letícia Mattos Menezes Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais (FCMMG). Belo Horizonte (MG), Brasil.
  • Raysa Messias Barreto de Souza Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Salvador (BA), Brasil.
  • Karen Abrahão Instituto Nacional do Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), Rio de Janeiro(RJ), Brasil. https://orcid.org/0000-0003-2436-8336X
  • Letícia Casado Instituto Nacional do Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), Rio de Janeiro(RJ), Brasil. https://orcid.org/0000-0001-5962-8765
  • Anke Bergmann Escola Nacional de Saúde Pública. Fundação Oswaldo Cruz (Ensp/Fiocruz). Rio de Janeiro(RJ), Brasil. Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Rio de Janeiro(RJ), Brasil. Centro Universitário Augusto Motta(UNISUAM). Rio de Janeiro(RJ), Brasil. https://orcid.org/0000-0002-1972-8777
  • Luiz Claudio Santos Thuler Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Rio de Janeiro(RJ), Brasil. Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Rio de Janeiro (RJ), Brasil. https://orcid.org/0000-0003-2550-6537

DOI:

https://doi.org/10.32635/2176-9745.RBC.2013v59n3.500

Palavras-chave:

Humanos, Adulto, Feminino, Neoplasias da Mama-epidemiologia, Registro Hospitalar, Estudos Transversais

Resumo

Introdução: O câncer de mama em mulheres com idade inferior a 40 anos e incomum. Entretanto, nessa população, a doença cursa, em geral, com pior prognostico. Objetivos: Descrever o perfil clínico e epidemiológico de mulheres jovens diagnosticadas com cancer de mama no Brasil e comparar as características clínicas entre mulheres com idade inferior a 34 anos e aquelas entre 35 e 39 anos. Método: Estudo transversal dos casos analíticos de câncer de mama em mulheres de 18 a 39 anos, inseridos no Módulo Integrador dos Registros Hospitalares de Câncer e no Registro Hospitalar de Câncer do Estado de São Paulo, entre 2000 a 2009. Foi realizada a análise descritiva das variáveis. Resultados: Foram incluídos 12.689 casos. A idade mediana foi de 36 anos, a maioria das mulheres possuía ensino médio (32,3%) e era proveniente do Sistema Único de Saúde (74,6%). O estadiamento avançado (≥IIB) foi registrado em 62,8% dos casos e, ao final do primeiro tratamento, 44,4% das pacientes encontravam-se sem evidencia da doença. Mulheres muito jovens apresentaram mais frequentemente tamanho do tumor >2cm, status dos linfonodos positivo, presença de metástase, estadiamento clínico avançado (≥IIB) e ausência de resposta terapêutica ao primeiro tratamento. Conclusão: No Brasil, mulheres jovens com câncer de mama apresentam estadiamento avançado ao diagnostico. Aquelas muito jovens (<35 anos) apresentam doença ainda mais avançada e pior resposta terapêutica que aquelas entre 35 e 39 anos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-09-30

Como Citar

1.
Barros Pinheiro A, Scholl Lauter D, Coutinho Medeiros G, Ribeiro Cardozo I, Mattos Menezes L, Messias Barreto de Souza R, Abrahão K, Casado L, Bergmann A, Santos Thuler LC. Câncer de Mama em Mulheres Jovens: Análise de 12.689 Casos. Rev. Bras. Cancerol. [Internet]. 30º de setembro de 2013 [citado 4º de fevereiro de 2023];59(3):351-9. Disponível em: https://rbc.inca.gov.br/index.php/revista/article/view/500

Edição

Seção

ARTIGO ORIGINAL

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)