Funcionalidade de Membro Superior em Mulheres Submetidas ao Tratamento do Câncer de Mama

Autores

  • Elaine Sousa Centro Universitário Augusto Motta (UNISUA M). Rio de Janeiro (RJ), Brasil.
  • Flávia Nascimento de Carvalho Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (ENSP/Fiocruz). Rio de Janeiro (RJ), Brasil. Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Rio de Janeiro(RJ), Brasil.
  • Anke Bergmann Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/Fiocruz). Rio de Janeiro (RJ), Brasil. Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Rio de Janeiro(RJ), Brasil. Centro Universitário Augusto Motta (UNISUAM). Rio de Janeiro(RJ), Brasil. https://orcid.org/0000-0002-1972-8777
  • Erica Alves Nogueira Fabro Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Rio de Janeiro, Brasil. Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Rio de Janeiro(RJ), Brasil. https://orcid.org/0000-0003-0959-7678
  • Ricardo de Almeida Dias Centro Universitário Augusto Motta (UNISUAM). Rio de Janeiro (RJ), Brasil. Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Rio de Janeiro(RJ), Brasil.
  • Rosalina Jorge Koifman Universidad Nacional Autonoma de Mexico-Xochimico (UNAM), México. Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (ENSP/Fiocruz). Rio de Janeiro(RJ), Brasil. Universidade Federal do Acre (UFAC ). Acre(AC), Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.32635/2176-9745.RBC.2013v59n3.506

Palavras-chave:

Feminino, Neoplasias da Mama-cirurgia, Extremidade Superior-cirurgia, Fisioterapia, Reabilitação, Estudos Transversais

Resumo

Introdução: Em decorrência do tratamento do câncer de mama, as mulheres podem evoluir com alterações funcionais, sociais e psicológicas que podem levar a perda de papéis relacionados ao trabalho, família e sexualidade. Objetivo: Avaliar a funcionalidade do membro superior das mulheres submetidas à cirurgia para tratamento do câncer de mama, acompanhadas pelo serviço de fisioterapia em uma instituição pública de referência do Sistema Único de Saúde no Estado do Rio de Janeiro. Método: Estudo transversal em mulheres submetidas a tratamento cirúrgico para câncer de mama. Variáveis relacionadas as características da mulher, do tratamento, do tumor e da funcionalidade do membro superior, mensurada por meio do questionário Disability Arm Shoulder and Hand foram coletadas. Foi realizada uma análise descritiva das variáveis do estudo por meio de medidas de tendência central e de dispersão para as variáveis contínuas e frequências relativa e absoluta para as variáveis categóricas. Resultados: Foram incluídas 105 mulheres que apresentavam idade média de 55,82 anos e índice de massa corporal de 27,80. A inclusão no estudo, a média de tempo transcorrido da cirurgia foi de 1,85 ano. A média do escore total da funcionalidade foi de 27,07 (DP=16,54). Conclusão: Observou-se um escore satisfatório de capacidade funcional e execução das atividades da vida diária normalmente, contrapondo os estudos realizados por outros autores. Esse resultado positivo deve-se, possivelmente, a atuação da fisioterapia precocemente no tratamento dessas pacientes, comprovando a real necessidade da intervenção fisioterapêutica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-09-30

Como Citar

1.
Sousa E, Nascimento de Carvalho F, Bergmann A, Alves Nogueira Fabro E, de Almeida Dias R, Jorge Koifman R. Funcionalidade de Membro Superior em Mulheres Submetidas ao Tratamento do Câncer de Mama. Rev. Bras. Cancerol. [Internet]. 30º de setembro de 2013 [citado 1º de fevereiro de 2023];59(3):409-17. Disponível em: https://rbc.inca.gov.br/index.php/revista/article/view/506

Edição

Seção

ARTIGO ORIGINAL

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 > >>