Perfil Nutricional de Pacientes com Câncer de Cavidade Oral em Pré-Tratamento Antineoplásico

Autores

  • Fernanda Pacheco de Oliveira Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Rio de Janeiro (RJ), Brasil.
  • Adriana Santos Serviço de Nutrição e Dietética do Hospital do Câncer I (HCI) do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Rio de Janeiro (RJ), Brasil.
  • Mônica Souza Viana Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ). Rio de Janeiro (RJ), Brasil.
  • Jocilene Leite Alves Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ). Rio de Janeiro (RJ), Brasil
  • Nivaldo Barroso de Pinho Serviço de Nutrição e Dietética do Hospital do Câncer I (HCI) do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Rio de Janeiro (RJ), Brasil. http://orcid.org/0000-0002-1438-168X
  • Patrícia Fonseca dos Reis Serviço de Nutrição e Dietética do Hospital do Câncer I (HCI) do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Rio de Janeiro (RJ), Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.32635/2176-9745.RBC.2015v61n3.255

Palavras-chave:

Neoplasias Bucais, Estado Nutricional, Pacientes Ambulatoriais, Avaliação Nutricional

Resumo

Introdução: O câncer de cavidade oral pode causar inúmeros sintomas de impacto nutricional, que afetam negativamente a qualidade de vida, aumentando a morbidade e mortalidade. A avaliação nutricional possibilita a detecção e o manejo desses sintomas, devendo ser realizada antes, durante e após o tratamento antineoplásico. Objetivo: Caracterizar o perfil nutricional de pacientes ambulatoriais com câncer de cavidade oral em pré-tratamento antineoplásico, investigar as alterações que comprometem a ingestão alimentar e avaliar o estado nutricional, visando à intervenção o mais precocemente possível, para maior tolerância ao tratamento antineoplásico e prevenção da desnutrição. Método: Estudo transversal com 29 indivíduos de ambos os sexos, entre 30 e 75 anos de idade, portadores de câncer de cavidade oral em pré-tratamento antineoplásico. O perfil nutricional desses pacientes foi analisado de acordo com os sintomas referidos, perda de peso, consistência da dieta, número de refeições diárias, parâmetros bioquímicos, antropométricos e bioimpedância elétrica. Resultados: A maioria dos pacientes se encontrava em estádio clínico IV (65,5%); referiu, no mínimo, dois sintomas de impacto nutricional (85,2%); e apresentou perda de peso grave em seis meses (56,5%). A circunferência muscular do braço e a área muscular do braço foram os parâmetros antropométricos que classificaram o maior percentual de desnutrição. Conclusão: Perda de peso não intencional, dificuldades de deglutição e reduzida ingestão alimentar foram observadas em grande proporção. A prevalência de desnutrição foi elevada e variou conforme o parâmetro utilizado, ressaltando que os parâmetros de avaliação devem ser utilizados complementarmente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-09-30

Como Citar

1.
Oliveira FP de, Santos A, Viana MS, Alves JL, Pinho NB de, Reis PF dos. Perfil Nutricional de Pacientes com Câncer de Cavidade Oral em Pré-Tratamento Antineoplásico. Rev. Bras. Cancerol. [Internet]. 30º de setembro de 2015 [citado 8º de agosto de 2022];61(3):253-9. Disponível em: https://rbc.inca.gov.br/index.php/revista/article/view/255

Edição

Seção

ARTIGO ORIGINAL

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)